Encontre aqui os Livros de Direito que você precisa
FRETE GRÁTIS PARA SUL E SUDESTE NAS COMPRAS ACIMA DE R$129,00
  • Clique para visualizar
  • Clique para visualizar
  • Clique para visualizar
  • Clique para visualizar


Indique este produto

Avalie esse produto



Direito e Justiça - Reflexões de um Advogado


2011 - Luís Cláudio da Silva Chaves - Del Rey


Código: 9788538401889


De:
Por: R$ 62,40 à vista no cartão de crédito ou boleto bancário.
Comprar


Prazo de entrega:
2 a 12 dias úteis, após a aprovação do pedido e de acordo com o meio de logística escolhido e a localidade de entrega.

PRODUTO SUJEITO A CONFIRMAÇÃO DE ESTOQUE

 
Mais informações sobre o livro:

Direito e Justiça: Reflexões de um Advogado

  
Saiba mais.
  • Autor
    Luís Cláudio da Silva Chaves é Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil/Seção Minas Gerais. Coordenador Nacional daBanca Elaboradora do Exame de Ordem. Professor de Processo Civil na Escola Superior Dom Helder Câmara. Professor de Prática Jurídica na Faculdade Milton Campos.
  • Informações Gerais

    Área: Diversos
    Formato: Brochura
    Páginas: 340
    Edição: 1ª - 2011
    ISBN: 9788538401889
    Dimensões: 16 x 22,5 cm
    Peso: 508 gr
    Editora: Del Rey

  • Sinopse

    Luís Cláudio da Silva Chaves (que conheço desde menino, em virtude de bela amizade familiar, e com quem convivi, aluno-professor, na querida "Milton Campos" que seu pai, o professor Wilson Chaves, fundou e dirigiu com perfeição), foi presidente da OAB/MG - Jovem e hoje é presidente da OAB/MG, que congrega o advogado júnior e o sênior. Ele continua jovem em seu espírito (e na idade também), mas já é um sênior em suas ações e reflexões.

    Sugiro aos leitores desta oportuna coletânea, toda ela de agradável e proveitosa leitura, que observem atentamente as palavras de Luís Cláudio no artigo "A Justiça, a Sociedade e o Jovem Advogado" (pág. ix), escrito no final dos anos 90. Vejam este trecho: "Há palavras esquecidas - conciliação, concórdia, fraternidade, amor - ansiosas por concretizar-se, e que dependem de ti. Ampara o inocente, Acolhe a vítima do arbítrio. Sustenta o desvalido. Serve aos pequenos. Tu serás grande!"

    Um jovem falando a jovens.

    E, agora, depois de percorrerem os textos variados, claros, ricos e úteis do atraente sumário, que viaja pelos anos de 2008, 2009, 2010 e 2011, fixem-se mais um pouco no artigo da página 161, intitulado "As vaidades na Justiça", e vejam o advogado-sênior a analisar, com ponderação, a "Fogueira das Vaidades". Diz ele: "Nesse ambiente, de justiça e de direito, o orgulho excessivo frusta expectativas, fere a lógica, cria desentendimentos e atrapalha a solução das lides".

    E mais: "O advogado precisa do juiz, do promotor e dos serventuários, como estes precisam dele. E todos devem suas atenções ao jurisdicionado, verdadeiro representante, em juízo, do povo".

    O ideal do júnior e a experiência do sênior mesclam-se, em doses certas, nas páginas destas reflexões.

    Parabéns ao autor, ao prefaciador, à Del Rey e ao Dom Total por este presente ao leitores.

     

    Belo Horizonte, 25 de julho de 2011.

     

    Ricardo Arnaldo Malheiros Fiuza

    Da Academia Mineira de Letras Jurídicas




















 

topo


 

 

topo
 Logoff
Existem 0 itens no carrinho
 
Seu Carrinho:



Excelente